Parte da entrevista da EW com o elenco

23/06/2010 18:07

Na próxima semana, a reportagem da capa da Entertainment Weekly será com nossos queridos protagonistas Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner. Abaixo segue um trecho da entrevista onde discutem sobre o impacto da mídia na vida dos atores, principalmente na vida da Kristen.

Entertainment Weekly sentou com Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner para a entrevista de capa dessa semana para discutir o mundo que eles habitam no universo de Twilight, tanto na tela como fora dela. Na prévia de hoje, as estrelas falam sobre o brilho dos holofotes da mídia e como a sua intromissão recentemente fez Stewart comparar isso a um estupro – um comentário que ela tem se desculpado desde então.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Você se sente mais em paz sobre estar no centro das atenções nestes dias?
KRISTEN STEWART: Eu me sinto mais confortável, mais eu mesma, e eu me sinto menos nua. Sinto-me muito mais como se ninguém pudesse tirar nada de mim. Antes, eu me sentia literalmente como se meu peito tivesse se aberto e as pessoas pudessem alcançar e analisar e buscar qualquer coisa que eles quisessem, e isso me apavorou.

Você recebeu um monte de críticas recentemente por comparar a intromissão dos paparazzi a um estupro. O comentário se espalhou de forma desproporcional muito rapidamente e você pediu desculpas.
STEWART: Eu sou muito sensível sobre coisas como essas. Isso é um assunto que significa muito para mim. Eu fiz um filme diretamente sobre isso [2004, Speak], e eu fiz um outro onde a minha personagem tem uma história horrível de estupro [2010, Welcome to the Rileys]. Eu conversei com muita gente sobre isso. Eu usei a palavra errada. Eu deveria ter dito “violada”. Mas eu sou jovem e emotiva. É o jeito que as coisas vão às vezes. Eu provavelmente não deveria dizer isso, mas eu sinto que as pessoas ficaram animadas quando viram que era eu. Era como, “Legal! Vamos pegá-la!” E então para o povo que explora isso sob o pretexto de ser moralmente repugnante é nojento – e isso me deixou constrangida, porque eu fiz parte.

Você viu tudo isso se desenrolar e depois pensou, eu tenho que fazer um pedido de desculpas?
STEWART: Não, eu estava na Coréia quando as coisas ficaram feias. Meu assessor me ligou e disse que a RAINN tinha emitido esta afirmação terrível.
ROBERT PATTINSON: Quem é Rain?
STEWART: Você sabe, a Rede Nacional de Estupro, Abuso e Incesto.
PATTINSON: Nenhuma dessas associações surgiu e deu uma declaração [criticando Kristen] sem ser chamada pela mídia em primeiro lugar – que estavam fazendo isso especificamente para receber visitas em seus sites. Todo o sistema de jornalistas internautas, onde ninguém é chamado para prestar contas, é quase inteiramente sobre o ódio. Todas essas pessoas se safam fazendo isso porque eles não têm nenhuma responsabilidade com ninguém. Tudo que eles precisam é fazer uma manchete lascivas e as pessoas clicam nele, porque é fácil. E é muito bom fazer parte desses filmes Twilight, porque você tem que dar tantas entrevistas o tempo todo que você pode se defender. Esse é o único caminho. Todos nós ficamos juntos, também. Há tantos nerdzinhos atrás de seus computadores, em seus pequenos blogs.
STEWART: Veja, e se eu dissesse isso? Crucificação. Você pode dizer muito mais coisa do que eu. É uma loucura.
PATTINSON: Isso não é verdade. Quando que eu disse algo [controverso]?
STEWART: Você é realmente bom, mas você poderia dizer: “Eu joguei me*** na cara da Rainha”, e as pessoas ficariam tipo “Oh, eu amo ele! Eu amo ele!”

 

Fonte: https://hollywoodinsider.ew.com


 
Voltar

Pesquisar no site

© 2010 Todos os direitos reservados.